Reforma da Previdência 2019: Pensão por morte - entre a incerteza e a perversidade.

Primeiras impressões.


Pelas primeiras leituras do Projeto de Reforma da Previdência Social, foi possível constatar um futuro perverso para órfãos e viúvos (as). Ao que tudo indica, o atual governo propõe uma dupla redução do valor, podendo até ser inferior a um salário mínimo. De fato, para todos familiares sobreviventes dos trabalhadores da ativa, que recolhiam até um salário mínimo, a certeza será a percepção de valor inferior. Além disso, os familiares sobreviventes dos trabalhadores mais jovens serão, via de regra, os mais prejudicados.